“Inferno no Ártico” – Claudia Lemes

577854F6-F9B5-47D6-ACA6-BBA1FE8E5E33.jpeg

Esse é o terceiro livro que leio da Cláudia Lemes, e como amei os primeiros, fiquei preocupada de rolar uma decepção. Mas a autora realmente me ganhou!

Inferno no Ártico é SENSACIONAL! Totalmente diferente dos outros mas igualmente bem escrito. Pungente, feroz e selvagem, é para estômagos fortes. É perturbador, mas comovente. Deliciosamente cheio de Plot Twists (reviravoltas) bem orquestrados.

Num ambiente sombrio e hostil, a detetive protagonista Bárbara Castelo é iniciante em crimes de homicídio e se joga de cabeça numa nova vida na inóspita cidade de Barrow, no Alasca. Tudo para fugir de recentes descobertas pessoais.

Mas olha que louco, ela morre de medo do escuro e vai para um lugar que por 60 dias, o sol não aparece. E aí ela me conquista mesmo, pois é uma mulher comum, com seus conflitos e defeitos, mas é também esforçada e destemida no ponto certo. E não abaixa a cabeça para seu parceiro com quem tem dificuldades de relacionamento. (Senha para usar a personagem em outros livros viu Cláudia?). Bárbara reúne fragilidade e força na medida certa, o que a transforma numa personagem apaixonante.

Aliás, o elemento dualidade é muito bem utilizado ao longo da escrita da autora: o peso pra chocar é o mesmo pra emocionar, ambos nada gratuitos e muito bem amarrados.

Nota importante: Inferno no Ártico traz um serial killer num nível de maldade, que poucas vezes vi. Não é só a falta de empatia que caracteriza esse psicopata não, ele é a encarnação do mal.

De novo Cláudia Lemes brilha. Pra mim, a melhor autora da atualidade. E não falo só de autores nacionais não viu?

#Sinopse:

Assassinatos bizarros abalam a cidade de Barrow, Alasca, durante o período de dois meses de noite polar. A detetive brasileira Barbara Castelo desconfia que seu primeiro caso de homicídio tem ligações com ocultismo, e precisa superar suas diferenças com o parceiro, Bruce Darnell, além de sua fobia do escuro, para encontrar o serial killer antes que ele consiga completar sua missão macabra.

Enviado do meu iPad

Deixe uma resposta