“O conto do coronel fantasma” – Larissa Brasil

443F39F0-EE1E-4F63-9FD9-7C5DF337C8A7

#OContoDoCoronelFantasma #LarissaBrasil

A Larissa foi a ganhadora do prêmio Autor(a) Revelação no 1o Prêmio Aberst, e eu estava lá, a conheci pessoalmente e fiquei encantada e curiosa. Como sabem sou a “mocinha” dos romances, mas adoro sair da minha zona de conforto.

Fizemos uma Live maravilhosa, Lara contou como surgiu a ideia do conto, como se preparou para a escrita e o quanto lutou para chegar nessa premiação, e que obteve como resultado o prêmio! Mais que merecido!

Mas não parou por aí, a encontrei no anúncio da editora Monomito como nova escritora contratada, e conversamos bastante. Gente, a Larissa é demais, maravilhada em trabalhar com ela, em ser sua parceira e nunca vou esquecer o carinho que ela trata conosco do Mamãe tá lendo, e claro, o mimo que me trouxe, amei o Pequi!

Mas agora, vamos falar do conto. Finalmente o li! E to embasbacada! Não to puxando sardinha não! Ela escreve muito!

Sabe aqueles “causos” que ouvimos dos nossos avós? O conto do coronel fantasma é exatamente assim, contado de forma que imagino minha avó me contando! Minha avó vivia contando “causos” da roça e de como a fé dela transformou muitas coisas na vida dela.

Lara nos contou na Live que foi exatamente assim que surgiu o conto: “É uma história que nasceu dos causos que minha avó materna contava, da cidadezinha que ela morava no interior da Bahia, e foi um conto que escrevi com paixão e saudade, depois que ela faleceu”.

Dita uma mulher forte e sofrida, passa por uma fase complicada, perdeu esperanças, expectativas e questiona sua fé.

Eis que então, recebe a visita inesperada de uma assombração. Ao som dos cascos do cavalo ecoando nos paralelepípedos surge o Coronel Fantasma, ele é uma lenda, Dita nunca acreditou nas crendices, muito menos imaginou que ele apareceria para ela, e mais, que pediria sua ajuda para finalmente descansar em paz.

Gente, que conto! Apaixonei! E que lição né! Mesmo com as dificuldades, problemas, nunca estamos sozinhos! Vamos ter fé! Quem sabe encontramos a solução! E vai que é uma solução vinda do “outro lado”

Parabéns Lara! Ansiosa para o que está por vir!

Deixe uma resposta