“Deixei você ir” – Clare Mackintosh

5F1EF346-2546-41FD-AF68-712DDDC1F126

Como eu amo thriller psicológico! Uau, definitivamente são os que mais mexem comigo. E esse me nocauteou. Se você também gosta, procure ler esse livro que misteriosamente comprei pela mixaria de 5 reais na Bienal em São Paulo. Teria pago 50  reais fácil sem nenhum arrependimento. Deixei você ir de Clare Mackintosh é sensacional. Quero ler tudo dessa autora que meus olhinhos pousarem. Infelizmente no Brasil só tem esse título lançado.

Mas me conta se você já passou por isso, preciso compartilhar esse sentimento. Sabe quando você acaba de ler um livro e fica assim? 😱 será possível? Não tem falha? Nenhuma ponta solta? E você volta e procura relembrar os fatos e checar… e cai de quatro pensando Meu Deusssssss?

Então, foi exatamente assim que me senti quando no meio do livro levei um susto e ainda consegui levar um muito pior no final. Hahahahaha! Adoro! Mexeu comigo mesmo.

Um menino é atropelado e a trama toda é bem em cima desse fato e de como todos os envolvidos custaram a se recuperar… imagina então, a pobre mãe da criança… Jenna chega a se mudar pra reconstruir sua vida mas é assombrada por pesadelos durante muito tempo, e quando começa a se recompor, a vida dá uma outra rasteira nela.

Os personagens são memoráveis, humaníssimos, terríveis, e se conectam de forma impressionante. Espere que o nocaute vai chegar pra você. É só esperar sentado, deitado, sei lá como você gosta de ler. Mas ele vai chegar. Me faz só um favor… me conta depois.

#sinopse

Quando Jacob morre atropelado em uma rua de Bristol, Inglaterra, depois de ter soltado a mão da mãe em um dia chuvoso, o motorista do carro que o atinge acelera a foge. Desvendar sua morte vira um caso para o detetive Ray Stevens e seus colegas, Kate e Stumpy. Determinado a encontrar o assassino, Ray se vê consumido a ponto de colocar tanto a vida profissional quanto a pessoal em jogo.Jenna, assombrada pela morte do menino, abandona tudo e se muda para uma pequena cidade costeira do País de Gales. Ela passa os dias em seu chalé tentando esquecer as lembranças do terrível acidente e aos poucos começa a ter algo parecido com uma vida normal e vislumbrar a felicidade em seu futuro. Mas o passado vai alcançá-la, e as consequências serão devastadoras.De vários pontos de vista, a ex-detetive Mackintosh faz um retrato preciso de uma investigação policial. Com sua excelente habilidade de escrita, consegue criar personagens memoráveis e uma análise arrebatadora das excentricidades da vida em uma cidade pequena. Mas o verdadeiro talento da autora é a maneira como ela incorpora reviravoltas em uma trama já complexa. Mesclando suspense, investigação policial e thriller psicológico, Clare Mackintosh disseca a mente de seus personagens enquanto tece inesperadas conexões entre eles.

resenha de Sylvia Tavares

Deixe uma resposta