“Uma dama fora dos padrões” – Julia Quinn

6380C1C2-B50E-4ADD-846F-162578F72010

Nunca pensei que fosse gostar tanto desse estilo literário. Minha primeira experiência, há um ano, foi com o livro “O duque e eu”. Também não tinha lido nada ainda da Julia Quinn. 

Que paixão! Já devo ter dito várias vezes que sou muito fã da Julia Quinn. A cada leitura me apaixono mais por seus personagens e por sua narrativa bem-humorada e romântica. 

Terminei o primeiro livro da série – Os Rokesbys – “Uma dama fora dos padrões”.  E reafirmo: Amo Julia Quinn! 

Como sempre tenho a sensação de flutuar! Hehe! O livro é clichê, e quem não ama um bom clichê? A mocinha – Billie Bridgerton (simmmm), é bem humorada, bocuda, à frente de sua época, ler romances? De jeito nenhum, nada como um bom livro sobre agricultura!

“- Está lendo uma eciclopédia sobre agricultura e reclamando que é muito árida?”

Espera-se  que Billie se case com um dos irmãos Rokesbys: Edward ou Andrew, mas não George, o herdeiro do condado ao qual Billie não suporta e vive em pé de guerra, quase como gato e rato… falando em gato, a aproximação divertida dos dois é causada por um gato. 

“Na batalha entre herói, heroína e gato, o gato vence”

“Às vezes você encontra o amor nos lugares mais inesperados…”

E por quem Billie se apaixona? Pois é! Pelo “arrogante” George. 

E é adorável! O desenvolvimento é leve, agradável e cheio de cenas divertidas!

E vou reclamar… vou sim, acho que deveria ter mais umas 20 páginas! Só sobre o romance deles. 

Recomendadíssimo!

 

Sinopse

As vezes você encontra o amor nos lugares mais inesperados… Esta não é uma dessas vezes. Todos esperam que Billie Bridgerton se case com um dos irmãos Rokesbys. As duas famílias são vizinhas há séculos e, quando criança, a levada Billie adorava brincar com Edward e Andrew. Qualquer um deles seria um marido perfeito… algum dia. Às vezes você se apaixona exatamente pela pessoa que acha que deveria… Ou não. Há apenas um irmão Rokesby que Billie simplesmente não suporta: George. Ele até pode ser o mais velho e herdeiro do condado, mas é arrogante e irritante. Billie tem certeza de que ele também não gosta nem um pouco dela, o que é perfeitamente conveniente. Mas às vezes o destino tem um senso de humor perverso… Porque quando Billie e George são obrigados a ficar juntos num lugar inusitado, um novo tipo de faísca começa a surgir. E no momento em que esses adversários da vida inteira finalmente se beijam, descobrem que a pessoa que detestam talvez seja a mesma sem a qual não conseguem viver.

Resenha by Bianca Brandão

Deixe uma resposta