Entrevista com Vencedor do Prêmio Pólen de Literatura 2017

A equipe “Mamãe tá lendo” e Novo Contexto esteve na Bienal do livro conversando com o autor do livro “Os quase completos”, Felippe Barbosa.

Por Bianca Brandão

15A70B84-F26C-4744-B85F-6004977E38B5.jpeg

Felippe tem 22 anos, é formado em direito, professor, YouTuber (Toga Voadora) e vencedor do prêmio Pólen de Literatura de 2017. Com grandes ensinamentos, o livro trata de uma jornada de autoconhecimento, reflexões e transformações.
O tema é denso, e segundo Felippe, a ideia surgiu em uma aula no ano de 2012, quando seu professor fez um discurso dizendo não ser possível trabalhar no que se gosta, sugerindo trabalhar durante a semana para ganhar dinheiro, e fazer o que se gosta aos finais de semana. Ao tentar argumentar, o professor não lhe deixou espaço, o que o instigou a questionar o aspecto da vida. Resultado: o premiado livro.
9528C1D3-5812-4A29-9C19-496A160574D8
“Minha vontade de argumentar e falar sobre o assunto foi tanta, que como não pude falar, acabei escrevendo. Da minha vida para o livro, vieram todas as minhas crenças e a minha visão da vida e do mundo como um todo. Às vezes, procuro um emprego que vai pagar minhas contas e nem gosto do trabalho, então lembro do livro e penso: ‘não estou seguindo o que escrevi, e recomeço e repenso’ “.
Sobre a criação e construção dos personagens, Felippe nos contou que todo o processo levou mais de dois anos, e que as pessoas tendem a compará-lo ao personagem “Quase doutor” do livro, mas, na verdade, tem um pouquinho dele em cada personagem e que os valores são seus.
A conversa foi bem descontraída e divertida. E preparem-se, vem mais por aí, Felippe está terminando de escrever seu próximo livro.
7B02F3B8-56E1-4842-AEBD-CB0A9C63D9AC.jpeg
Confira tambem a entrevista completa no YouTube:
https://youtu.be/ODey9lI95eU

Deixe uma resposta