“A Garota Perfeita” – Mary Kubica

F9609959-D12D-4F34-AEE2-F2111BB1517C

Livro interessante, pegada diferente. De novo, não leio sinopses, gosto de surpresas e vou pelo gênero. E por indicações (boas resenhas me instigam) ou por boas capas. Acabei a leitura de #AGarotaPerfeita de #MaryKubica da #EditoraPlaneta, que por sinal tem uma capa que me agrada muito.

Tem um subgênero dentro de um gênero que cada vez mais me interessa. Nem sei se essa classificação existe, mas inventei agora. Amo suspense que é um gênero. E agora existem os suspenses psicológicos, tipo esse e mais alguns que já postamos aqui. E que adentram mais na psique, seja dos envolvidos ou ainda dos criminosos.

Nesse livro, Mia, filha de um prestigiado juiz de Chicago, desaparece. E o que podia ser mais um livro onde os restos mortais dela são descobertos e a caçada ao criminoso se sucede, não. Ela aparece!

Mas sem memória nenhuma dos dias de cativeiro. E o sequestrador? Nem queria sequestrá-la. A mãe de Mia mal falava com ela no dia a dia, mas sofre uma barbaridade quando ela some. O pai de Mia guarda inúmeros segredos.

Até a mãe do sequestrador faz parte da trama. Diferente né? Pois é, isso que me agrada, os acontecimentos transformam intimamente a pessoas envolvidas, os sentimentos fazem parte da trama e não ficam em segundo plano. Existe uma maior complexidade e isso é atraente. O resto? Só lendo o livro. Mas posso garantir, como qualquer bom suspense, o final é surpreendente.

Mary Kubica é uma ex professora de história que mora nos arredores de Chicago com o marido e seus dois filhos. É autora de 4 livros sendo que um deles será lançado agora em setembro nos EUA e já são best sellers.

F8216F79-73E2-4302-976E-F2A143F9BF28

 

65EAE2C7-6909-4D54-B513-603A9BA4809A
Autora

#sinopse

Mia, uma professora de arte de 25 anos, é filha do proeminente juiz James Dennett de Chicago. Quando ela resolve passar a noite com o desconhecido Colin Thatcher, após levar mais um bolo do seu namorado, uma sucessão de fatos transformam completamente sua vida.
Colin, o homem que conhece num bar, a sequestra e a confina numa isolada cabana, em meio a uma gelada fazenda em Minnesota. Mas, curiosamente, não manda nenhum pedido de resgate à familia da garota. O obstinado detetive Gabe Hoffman é convocado para tocar as investigações sobre o paradeiro de Mia. Encontrá-la vira a sua obsessão e ele não mede esforços para isso.
Quando a encontra, porém, a professora esté em choque e não consegue se lembrar de nada, nem como foi parar no seu gélido cativeiro, nem porque foi sequestrada ou mesmo quem foi o mandante. Conseguirá ela recobrar a memória e denunciar o verdadeiro vilão desta história?

Resenha de Sylvia Tavares

Deixe uma resposta