“Amor verdadeiro- A livraria dos corações solitários” – Annie Darling

DB1D1B23-668B-4CAA-9D1E-B89C3C07BB13

Amor Verdadeiro – A livraria dos corações solitários – Annie Darling

Esse é o segundo livro da série, e conta a história de Verity Love, a gerente da loja. 

Very é filha de um vigário, tem quatro irmãs, sendo a do meio. Com uma família enorme cresceu em um caos barulhento.

Ela é introvertida, o que não significa que ela não goste de pessoas, pelo contrário, ama sua família e tem muitos amigos. Mas, aí posso dizer que me identifico com Very, multidões, barulhos, me deixam sem energia. E como recarregar essa energia? Lendo um bom livro em absoluto silêncio! 

Very inventou um namorado para fugir de eventos sociais: Peter, o oceanógrafo, que graças a sua profissão passava muito tempo viajando. 

Parecia perfeito! Até que Annie e Posy (protagonista do primeiro livro da série) são tomadas pela curiosidade e a seguem e a encurralam esperando conhecer Peter. 

Para não ser pega, senta na mesa de um homem sentado sozinho no restaurante e implora por sua ajuda, e mais uma mentira: seu novo “namorado” era Johnny, o arquiteto. 

Que divertido! Bem clichê! Já sabemos como vai terminar, e nem por isso o livro fica desinteressante. 

Johnny e Very criam um acordo e fingem um namoro para benefício dos dois, assim evitam a pressão dos amigos e da família sobre um relacionamento. 

Curti demais a Very, e como disse me identifiquei demais com ela. E mais, ela ama Orgulho e Preconceito, cita frases e sempre se pergunta o que Elizabeth Bennet faria no lugar dela!

E Johnny? Ah Johnny, tão lindo e tão bobo. Tão adulto e tão infantil. Tão certo e tão errado! 

Amei, recomendo. Pra quem gosta de romance, comédia e drama, vai firme! Louca pra ler o próximo da série. 

Sinopse

É uma verdade universalmente conhecida que uma mulher solteira, em posse de um bom emprego, quatro irmãs mandonas e um gato carente, deve estar em busca do seu verdadeiro amor. Será?Verity Love — fã de carteirinha de Jane Austen e uma introvertida em um mundo de extrovertidos — está perfeitamente feliz sozinha, muito obrigada. E seu namorado fictício, Peter Hardy, é muito útil para ajudá-la a escapar de eventos sociais indesejados. Mas, quando um mal-entendido a obriga a apresentar um total estranho como namorado para suas amigas, a vida de Verity de repente se torna muito mais complicada.Uma namorada fictícia também pode ser bem útil para Johnny. Indo contra todos os instintos de Verity, ela se deixa convencer a fazer uma parceria com ele para um único verão recheado de casamentos, aniversários e festas no jardim, com apenas uma promessa: não se apaixonarem um pelo outro. Mas isso não tem nem chance de acontecer, pois Verity jurou nunca mais ter um namorado, e o coração de Johnny já tem dona…

 Sobre a autora
Annie Darling mora em Londres, em um pequeno apartamento entupido de pilhas de livros perigosamente altas. Suas duas maiores paixões são livros românticos e Mr. Mackenzie, seu gato de pelo curto inglês. A Pequena Livraria dos Corações Solitários é seu primeiro romance.
resenha by Bianca Brandão

 

Deixe uma resposta